GLOSSÁRIO
 

GLOSSÁRIO

    A    B    C    D    E    F    G    H    I    J    K    L    M    N    O    P    Q    R    S    T    U    V    W    X    Y    Z  

 
Cabaz de Moedas :
Recurso usado como índice de variação de activos financeiros para evitar variações bruscas de uma única moeda. Na prática, estabelece-se um conjunto de moedas de diferentes países (geralmente desenvolvidos) que entram no cabaz. Determina-se então uma média ponderada para cada uma delas e o resultado é uma espécie de moeda internacional que corresponde aos direitos de saque no FMI. A medida foi adoptada pela primeira vez em 1971, com a desvalorização do dólar americano.

Capitalização :
Aumento do património de uma empresa com a injecção de dinheiro novo. Há basicamente duas formas disso acontecer: pela emissão de acções ou títulos (que são vendidos, e o dinheiro resultante é incorporado ao capital da empresa) ou pela venda de parte da companhia a um novo sócio.

Carência de Capital e Juros :
Período de vida de um empréstimo durante o qual não se pagam juros nem capital.

Carteira :
Valor que uma pessoa física ou jurídica possui em um tipo de investimento. Quem aplica em Bolsa, por exemplo, tem uma carteira de acções.

Cartel :
O termo é usado normalmente para definir grupos empresariais que se unem para controlar a oferta de determinado produto e obter preços mais altos. Para fazer isso, esses grupos impedem que novas empresas actuem no sector. Quando isso acontece, eles passam a praticar preços artificialmente baixos, até que o novo concorrente não consiga mais vender seus produtos e acabe falindo.

CEO :
Iniciais da expressão em inglês Chief Executive Officer, que significa o diretor-presidente de uma companhia ou seu diretor-executivo mais importante e com maiores poderes.

Certidão de Teor :
Documento emitido pela Conservatória do Registo Predial que certifica todos os registos efectuados em relação ao imóvel: localização, composição, proprietários, ónus, transmissões, etc.

Clearing House ou Câmara de Compensação :
Sistema que compatibiliza as posições compradas com as vendidas, de forma a garantir o fiel cumprimento de obrigações contratuais assumidas em mercados organizados. Tem como responsabilidade registrar as operações realizadas, acompanhar e controlar a evolução das posições em aberto, compensar financeiramente os fluxos de pagamentos, efectuar a liquidação física e financeira dos contratos e administrar as garantias financeiras exigidas dos participantes. Esse processo apoia-se em sólido sistema de salvaguardas financeiras.

Commodity :
Termo usado em transacções comerciais internacionais para designar um tipo de mercadoria em estado bruto ou com um grau muito pequeno de industrialização. As principais commodities são produtos agrícolas (como café, soja e açúcar) ou minérios (cobre, aço e ouro, entre outros). Mais recentemente têm surgido uma nova modalidade: Commodities Ambientais - que tratam do intelecto e do meio ambiente.

Compliance :
É um conjunto de regras e instruções de controles internos e certificações de qualidade e ética profissional nas actividades bancárias e de gestão de recursos - ditadas pelo Banco Central.

Conservatória do Registo Predial :
Serviço público, dependente do Ministério da Justiça, onde é registada a informação essencial relativa aos bens imóveis (urbanos e rústicos), designadamente a sua localização e confrontações, a sua composição e a identificação dos sucessivos proprietários. Existem em todos os concelhos do país, sendo várias nas grandes cidades.

Construção :
Se o crédito se destina a construir a sua habitação em terreno próprio.

Conta Poupança Habitação :
Depósito a prazo a 1 ano, com benefícios fiscais, destinado exclusivamente à construção, beneficiação ou aquisição de habitação própria permanente ou para arrendamento.

Contrato a termo :
É um contrato derivativo onde uma das partes se compromete a comprar da outra um dado activo, a um dado preço, numa determinada data futura. Diferentemente, dos contratos futuros, nos contratos a termo, não existe mecanismo de ajuste diário, facto este que eleva o risco de o termo não ser honrado por uma das partes. Normalmente, são negociados em balcão.

Contrato de Empréstimo :
Contrato em que fica registado o acordo estabelecido entre o banco (mutuante) e o seu cliente (mutuário) relativo a um financiamento e onde se especificam todas as suas condições (montante, prazos, taxas de juro, etc.). Pode tomar a forma de escritura pública ou documento particular.

Contrato por Documento Particular :
Documento que regula a compra e venda de um imóvel destinado a habitação, através de um empréstimo concedido por uma instituição bancária autorizada. Esta modalidade substitui a escritura pública na compra com recurso a crédito, dispensando a intervenção do notário público.

Controlador :
Pessoa física ou jurídica ou grupo de pessoas ligadas directa ou indirectamente, que por possuírem a maioria das acções com direito a voto, tomam as decisões da empresa.

Conversibilidade :
É a possibilidade de converter a moeda de um país por outra estrangeira. Na Argentina, onde a conversibilidade é lei: qualquer pessoa pode trocar um peso, a moeda local, por um dólar. Por exemplo, no Brasil, o real é uma moeda de curso forçado. Ou seja, por lei, é a única moeda aceita no país, e não é conversível.

Correcção Monetária :
É o reajuste periódico de certos preços na economia pelo valor da inflação passada, com o objectivo de compensar a perda do poder aquisitivo da moeda.

Correlação :
O coeficiente de correlação é uma medida de associação linear entre duas variáveis aleatórias. Varia entre -1 e 1. Quanto mais próximo de 0, menor é a associação linear entre as duas variáveis. Quanto mais próximo da unidade maior é essa associação. Se ele é menor do que zero indica associação inversa, se maior, associação directa.

Corretagem :
É o acto de intermediar uma transacção entre comprador e vendedor de títulos, acções, imóveis e outras mercadorias.

Corretoras de valores :
São instituições financeiras membros das bolsas de valores, credenciadas pelo Banco Central, pela CMVM e pelas próprias bolsas e estão habilitadas, entre outras actividades, a negociar valores mobiliários com exclusividade no pregão das bolsas.

Cotação :
Preço de cada um dos títulos, acções, moedas estrangeiras ou mercadorias negociadas na Bolsa da Valores ou na Bolsa de Mercados e Futuros.

CreditMetrics :
Metodologia de cálculo do risco de crédito de uma carteira desenvolvida pelo banco norte-americano JP Morgan. Busca estimar a distribuição das perdas de uma carteira, levando em conta não apenas a possibilidade de inadimplência, mas também a variação na qualidade do crédito.

Currency Board (Comitê da moeda) :
Método de administração monetária em que um país só pode emitir moeda quando possui reservas em igual valor de moeda estrangeira. É um sistema que parte da ideia da conversibilidade - ou seja, da possibilidade de trocar moeda nacional por dólar ou outra moeda forte.

Custódia :
Antiga guarda física (hoje escritural) e controle das acções.

 
   
Home  ·  Mapa Site  ·  FAQs  ·  Glossário  ·  Legalidade  ·  Privacidade